Releases

Lá no meu trabalho, sou responsável por alguns releases para imprensa e agentes regulados. Na Diversão e Arte, escrevi alguns releases e informativos. Naná Vasconcelos e DJ Dolores foram uma mistura de compilação de releases existentes com traduções de releases gringos – mas o Jonas Sá foi todo meu. Grande Jonas Sá. Segue aí embaixo 🙂

Continuar lendo

Laika – entrevista

Jovem não tem superego algum, não é mesmo? Na empolgação de escrever um fanzine, resolvi entrevistar uma das bandas que eu mais ouvia no momento. Entrei em contato com a vocalista, por e-mail, e ela foi muito simpática comigo. Segue a entrevista na íntegra. Hoje já entro em contato com assessoria de imprensa, demoro anos pra criar coragem de falar com o cara, morro de medo de fazer tudo errado. Quando era jovem, não. O resultado você vê aí embaixo.

Continuar lendo

Sob má influência

Este texto foi publicado na Mood e no meu finado zine, o Conga Conga Conga – e rendeu uma sólida amizade com os sujeitos-alvo da matéria; rendeu uma penca de programações visuais e fotografias; rendeu uma penca de abraços. Se esse texto não é lá dos melhores, posso dizer que serei eternamente grata a ele, assim, tosquinho mesmo. Leiam aí.

Continuar lendo

Ícones brega transformados em cult

Este texto foi originalmente publicado em outubro de 2003 na Revista Mood (disponível aqui). A pauta era exatamente o título: ícones brega transformados em cult. Porque moda, eles nunca deixaram de ser – seja em milhões de radinhos AM, seja aqui em casa. Mas, de uma hora pra outra, alguém decidiu que gostar de música brega era cool, virou moda também entre quem nunca ligou o rádio numa emissora AM na vida. E aí? Continuar lendo