E não é só isso!

Sim, já redigi informativos via e-mail em nome do Matanza e dos Autoramas. Era divertido escrever como se fosse o Jimmy, aquele ruivo gigantesco de voz grossa, e falar de caminhão, cerveja, mulher e rock’n’roll.

Existe um blog pessoal onde o que menos se sabe é minha vida pessoal. Existe uma coluna num site de dança de salão, colaborações no site Carioquíssimo, o slogan da festa mais hype da cidade e, periodicamente, frases de efeito (ok, muitas nem tanto) no Twitter.

Fiz, também, algumas revisões de dissertações, monografias e de um livro – afinal, quem tem português correto tem mais é que usar o domínio da língua para o bem, certo?

Estou trabalhando fixo num lugar que adoro, mas tenho tempo disponível (à noite e em fins de semana) para freelas. Chama aí.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s